Armário

Os domingos podem ser de dois jeitos.

Primeiro – aquele dia em que você acorda é só quer passear, não fazer nada, só curtir programinhas lights sem compromisso.

Segundo – aquele dia em que você acorda com a “macaca” e quer organizar tudo, arrumar e acabar com a bagunça.

Neste domingo, eu fiquei com a segunda opção. Acordei com a macaca. E descobri que a vida de qualquer pessoa, seja ela a mais organizada do mundo, é como um armário.
Um dia você também irá descobrir que sua vida é uma bagunça – e que, em um domingo, quando você acordar e decidir deixá-la brilhante, verá que dali um mês as coisas estarão embaralhadas novamente.

Há algo bom nisso? Sim.

Com quantas pessoas você já pensou em falar e não disse uma única palavra? Quantos textos ou artigos de jornais você já separou na sua prateleira para ler depois e não teve tempo de sequer dar uma olhada? Quantas vezes vc já disse ” pode deixar que eu te ligo” e nem o telefone do gancho tirou? Quantas vezes vc já pensou ” eu vou ser feliz no dia em que acabar de estudar isso” e no final continuou reclamando de tudo?

A vida deve sim ser organizada, mas no fundo, é uma infinita bagunça. Deixamos pendências, promessas e compromissos, muitos deles. Entretanto, toda a vez que a reciclamos, tiramos um tempo para pensar no que está errado e no que pode ser melhorado.

Separei blusas antigas que não uso mais, também percebi que não preciso de um monte de remédios para dor de cabeça, embrulhei as roupas de frio, e descobri que posso utilizar menos cabides e ocupar menos espaço.

Posso também pendurar sentimentos passados, guardar na gaveta influências negativas, posso começar a usar o espaço que sobra para querer saber, de coração, como foi o dia da pessoa do outro lado do telefone. Nesse domingo, também posso desdobrar as roupas que nunca usei, criar novos amigos, e aprender a fazer algo que nunca fiz antes, não importa o que seja.

Eu sei que daqui um tempo, você vai me dizer que tudo vai estar uma bagunça de novo, mas aí então…é só abrir as portar, pensar……e começar a arrumar tudo de novo. O importante, é nunca deixar de arrumar.
Anúncios

4 comentários sobre “

  1. A minha vida é mesmo um armário. Devo dizer que está uma bagunça nesse momento e que eu to precisando acordar que nem você: com a macaca.E Clarinha, qualquer coisa, UM ABRAAAAAAÇOOO! hahahahhaBeijão da Lette! =]

  2. Lindooo texto, Clara! Concordo totalmente com o que você disse! Mas no meu armário, as coisas voltam à bagunça em dois dias :PE eu ainda acrescentaria uma terceira opção aos domingos (e é a que eu mais faço xD): passar o dia consigo mesma, fazendo tudo o que gosta e refletindo sobre a sua vida. De preferência, desenhando.Beijão!

  3. É isso aí amada amiga Flarinha, qnd digo q me livrei das drogas, na verdade fiz uma faxina profunda no meu armário… Vamo q vamo nos livrar das drogas das nossas vidas!!! heheheBjaooooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s