Por um telefonema

Todas as noites tenho feito o jantar. Os lanches, congelados, embalados e enlatados enjoam.
Fazer comida é uma terapia, nem que seja cortar um tomate, cozinhar um bife ou fazer um arroz.

E quando se cozinha, se pensa na vida.

Ontem, estava sozinha em casa enquanto cortava alguns legumes.
Silêncio.
Senti falta de um telefonema. De apoiar o telefone no ombro e conversar enquanto fazia o jantar. Dar risadas, contar como foi o dia, falar do frio que estava chegando e de que eu precisava de um aquecedor para o apartamento.

Porém….ninguém ligou. Se naquele momento, eu entrasse na internet, centenas de pessoas estariam online, todas querendo conversar, dizer um “oi, tudo bem, novidades?”.

A vontade era a mesma, mas o meio era outro.

Eu nem lembro mais quando foi a última vez que fiquei 1h no telefone, conversando e dando risadas. Porque o telefone hoje, é o MSN.

O ‘falar’ foi trocado pelo ‘digitar’.

Querido leitor, não vou traçar aqui um parâmetro virtualização da sociedade.
Só quero expor que devemos gastar mais saliva, mexer o rosto, expressar a fala, tocar mais as pessoas.
Quantas vezes você pediu para uma pessoa anotar um telefone e ela disse – “me passa por e-mail?”A preguiça de pegar um papel e anotar é maior. Ou de anotar na hora mesmo, pelo celular.
Não falamos mais com as pessas, dizemos: ” te explico por e-mail”.
Será que um dia ficaremos mudos?
O melhor contato é o ‘pessoalmente’. Bom, mas tendo como exemplo uma cidade como São Paulo, às vezes fica difícil.

Então, que venha o telefone.
Mas nem o telefone toca mais.

Não quero voltar no tempo queridos, sou adepta a internet, e esse blog que o diga. Mas acho que estamos exagerando. De coração.

Hoje, na academia, a televisão estava ligada em um canal de clipes. Música.

Do meu lado, o moço na esteira, estava com mp3 no ouvido.

Semana passada, um conhecido me falou que estava com o número do meu celular antigo.

Pedi para ele anotar o novo. Mas ele também me pediu para eu lhe passar por e-mail.

O e-mail foi uma das melhores coisas inventadas. Envio uns dez por dia.
Mas eu falo daquelas conversas que não tem sentido por e-mail. Amar por e-mail, ter saudade por e-mail, ser amigo por e-mail.
A internet facilita as coisas. Mas concorde comigo que chance de ser mal interpretado é maior.
Uso bastante a internet. Quero usar menos.

Quero ter sempre acesso a internet, mas não quero que ela fale por mim.

Isso é o que falta: Falar.

Não é a toa que o mundo está lotado de cursos de oratória e livros de “como falar e se expressar melhor”.
Porque justamente, não há treino.

Não há emoções. Só há teclado e tela. Às vezes, web cam.

Hoje fiz o jantar. Macarrão.
A internet piscou de mensagens.
O telefone… não tocou.
Mas então pensei – e se eu ligar dessa vez?

Se eu ligar, pode ser que da próxima vez…. ele toque.

Afinal, a atitude deve partir, sempre….de nós mesmos.

Clara, adora a internet. Mas ela deseja, de coração, que depois de ler esse texto, você largue o mouse e ligue para alguém.

Anúncios

11 comentários sobre “

  1. Êeeee primeira como sempre….. e vc, SEMPRE com a razão!!Internet é um mal necessário… queria muito também depender menos dela! Muito menos…. quase nada….Mas olha só, tô aqui! Comentando no seu blog… Ixiiiiiii, num tem jeito!PARABÉNS denovo Flá! Texto pra reflexão… agora vou sair disso aqui e ligar pra uma amiga, convidá-la pra almoçar comigo amanhã… ou sábado! Depende da disponibilidade dela!!!…. heheheBjinho

  2. me passa sedu telefone, que eu sou oooootima companhai e também adoro telefonemas.. tem outra coisa, que é a exclusividade, né.. to telefone, a pessoa LIGOU PRA VOCÊ.. no msn.. alguem apareceu.. além disso, no msn vc tem que ficar lá em frente ao computador, e no telefone dá pra passear pela casa!!Te adoro Clarinha!! Bom fim de semana!!

  3. A fala representa de certa maneira o concreto o real. Diferencia-se da escrita pois é composta de um espectro de reciprocidade bem maior. Fora que ao vivo, presencialmente temos uma visão mais completa ainda. Os momentos insípidos, incolores e inodoros são observados. Os pequenos detalhes que para nós, não são importantes e que não escrevemos pois compreende-se uma forma mais abrangente de análise da situação, do momento. Que bom que vc preza também o desperto, o ao vivo.

  4. Clara, ADORO seus textos!Como eu quase vivo na internet, eu sinto muita falta de uma conversa ao vivo, cara a cara. Talvez seja por isso que a Gisele e a Aline achem que eu abraço demais as pessoas. Esse contato é bom, saudável!O bom da net é que podemos falar com o pessoal longe sem pagar a mais. Como tenho parentes morando fora, facilita a minha vida. E nunca fui muito fã de telefone, gosto de ver a pessoa, olhar nos olhos, sentir a presença. Mesmo que telefone seja mais próximo do que o digitar, acho desagradável ter que ouvir a novela por ele ou a pessoa do outro lado da linha interromper a conversa porque passou um avião e ela não entendeu nada do que você disse.Beijões!

  5. adoro falar.. falo pelso cotovelos.. e não há tecnologia do mundo que impeça que eu siga falando.Realmente a internet deixou as pessoas muito mais comodas.. e isso não é tão bom qto se apregoa.lindo texto Clara!parabéns

  6. Clarinhamigaaa!!!!!Li, liguei. O “seu” lular estava fora de lugar; o seu fixo estava ‘temporariamente’. Fiquei com “éter” na mente, terna, é ter, mas minha mensagem não mente. Ô texto de mau-gosto este meu. Muito obscuro e fraco para quem se chama “Clara” e é forte. Nossa, Clarinha! Vc, que me conhece, o que será que deu em mim?Beijo.Assinado, Aquele seu amigo de todo instante.

  7. Clarinhaaaaaaaa!!!!Eu sou super contra o msn e as conversas nele, o fato é nãõ são conversas.Por preguiça de escrever, a gente ssimplifica a fala e assim os acontecimentos …Ruim!Gi Godoi

  8. Vc sabe que sou sua fã número 1 né?!Já peguei até contato com a sua assessora…Pq EU SEI q é VC…rsrsrsSó pra não perder o costume e falar sempre a msm coisa, vc mandou mto, mto, mas mto bem!!!E pra finalizar aquela minha frase: “msn mais de 20 superficialmente, no telefone, apenas uma pessoa especial por vez”Te liguei e enquanto falava com vc me ligaram…Depois dessa “preciso dizer q te amo”…hahahahaq brega…

  9. Sugestão da próxima pauta….Dia das Mães está aí…que tal fazer um blog dedicado a ela? Acho que seria um lindo presente! Bjo da Laris…

  10. clarinha,ótimo o que vc escreveu! gostei mesmo e parei para pensar no que vc escreveu e percebi que está totalmente com a razão.ótimo blog, comentarei aqui mais vezes.beijos,jô morena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s