A vida segundo Saramago

.“Quando eu penso em morte, sempre lembro da minha avó, ela dizia: o mundo é tão bonito e eu tenho tanta pena de morrer”.

Na semana passada, o Jornal da Globo transmitiu uma entrevista que foi uma das mais belas que eu já vi. A televisão é, muitas vezes, generalizada. Por isso, quando o conteúdo é belo e fascinante tem que ser comentado.

José Saramago. Escritor. 84 anos. Uma ilha no meio do oceano atlântico.

Ele poderia estar na cidade, estar em São Paulo, no Rio, nos lugares quentes, pops, agitados. Não. Saramago está na Costa da África, longe de tudo… e perto dos seus princípios.

Em uma longa conversa com o repórter, escritor de fala mansa, sotaque forte e expressão marcante, descreve a vida com uma sutileza e sensatez que acaba com toda a superficialidade do mundo.

Vencedor do prêmio Nobel de literatura, ao ser questionado sobre a sensação, ele explicou sem vaidade: “Eu fique aturdido com a notícia, puxa! Mas fiquei a pensar , eu tenho o prêmio Nobel, e quê? Eu achava pouco ter o prêmio Nobel? Não, não. Mas é que …no fundo , no fundo, tudo é pouco, tudo é insignificante … Em relação ao universo…..fiquei a pensar no universo… o prêmio não teria importância”.

“Mas é que …no fundo , no fundo, tudo é pouco, tudo é insignificante … “ O homem atinge a clareza da vida quando pensa nessa frase. O que é significante afinal? Ganhar um prêmio, dinheiro, fama, sucesso? É tudo muito bonito e glamoroso……é tudo insignificante.

Para Saramago, ganhar o Nobel era insignificante.

E a morte? “Eu penso que antes estavas, e agora não mais estás…”

Simples assim.

E provavelmente ele está certo. Para quê raiva, preocupação, desespero? Um dia você está….no outro, não.

A vida segundo Saramago é simples, é bela. Como a frase que começou esse texto…. o melhor medo do homem não é ter medo de morrer pelo o que vai deixar, tudo o que construiu. O melhor medo é aquele que vive uma coisa tão boa….que não quer que ela acabe…. jamais.

Clara recomenda que você assista o vídeo e depois comente no blog o que achou. O link é: http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM679826-7823-JOSE+SARAMAGO+SEGUNDA+PARTE,00.html E se quiser ver a primeira parte, é só dar uma checada no arquivo do site. Viver segundo Saramago….a melhor forma de viver.

Anúncios

3 comentários sobre “

  1. Clarinha, sem querer criticar, mas já o fazendo: o Saramago não é brasileiro, ele é português, ele é o único escritor de língua portuguesa a ganhar o nobel, blz? Beijos, ate mais!

  2. Ah esse Saramago tem muita lição de vida pra nos passar mesmo…E a Clarinha também tá seguindo o caminho, direitinho!!!!!!! hehehehBjinho

  3. Leo, querido, obrigado pela correção. Ele é português mesmo, na hora de digitar, quis abrasileirar o escritor, rs!Bjos, e obrigada pelos seus comentários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s