Eu quero o simples

Hoje, no estágio, estava sentada em frente ao computador pensando nas milhares de coisas que iria fazer durante o dia: terminar a edição de um vídeo, fazer cópias de algumas fitas, ligar para prefeitura para uma reportagem, responder e-mails, lavar a louça, arrumar a mala…..
Todos os dias durante uma meia hora mais ou menos, duas crianças, filhos de um antigo funcionário da empresa, fazem a alegria de todo mundo que trabalha lá logo depois que saem da escola….Nesse dia, eu estava sozinha, enquanto os dois pequenos brincavam nos computadores.
A tv, ligada em algum canal Discovery, transmitia imagens para ninguém.
Uma das crianças perguntou se podia mudar de canal, eu disse que sim, e ela logo colocou no canal de desenhos.
Nessa hora, as duas pararam imediatamente o que estavam fazendo, puxaram adeiras e começaram a dar muitas risadas com o desenho. O mais interessante é que elas nem ligaram mais para as balas em cima da mesa, e para os telefones tocando sem parar…. o mais legal naquele momento estava na tv.
Não desviavam o olhar um segundo sequer, e eu não conseguia parar de prestar atenção naquela cena, em como para eles o mundo tinha parado naquele instante….porque o desenho favorito deles estava passando.
Não é a toa que os nossos pais pediam para que aproveitássemos a infância.
Ser criança é não ter passado nem futuro. A criança é a única que de fato pensa no presente, e o aproveita infinitamente.
Quando o ser humano vira adulto também tem vontade de aproveitar o presente, mas de certa forma, fica ignorante. Perde parte do tempo se preocupando com coisas que ainda naum aconteceram, sendo que ele também é feliz nos momentos mais simples.
Hoje durante a manhã, minha aula acabou mais cedo e resolvemos fazer algo diferente. Reunimos um pessoal da sala, alugamos o violão do diretório acadêmico, sentamos ao lado de umas árvores da faculade e por quartenta minutos nos esquecemos na música e em um jogo de baralho que não se diferenciava muito do “roba-monte” da infância. Naquele momento, não importava o horário, a aula seguinte e os deveres até o final do dia.
Quando o momento chegou, nos levantamos e voltamos para assistirmos a próxima aula.
E essa hora chegou naturalmente….
O simples é tão nítido. E não é necessário nem sair da rotina para que ele venha. O simples acontece desde o momento que você coloca os pés para fora da cama e começa o dia.
Porém, às vezes, por mais que o ser humano veja tantos exemplos de problemas que existem no mundo, que não passam nem perto do que ele acha que são seu problemas, ele continua ignorante. E não enxerga o essencial. Só o necessário para que ele cumpra suas tarefas.
Nada no mundo pode ser mais feliz que o simples. Nada.
Por isso, dá próxima vez que você for fazer o complicado…… mude de opção.
Anúncios

3 comentários sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s