Até segunda!

Na minha primeira vinda a São Paulo, quando ainda prestava o vestibular, ficava olhando da janela do ônibus, os prêdios da Marginal Pinheiros. Depois de oito horas na estrada eram eles que tiravam a monotonia da viagem e me faziam tentar adivinhar o que havia dentro deles. Minha irmã já veterana da paulicéia, apontou para um deles disse – Ei, esse é o prédio da Abril.Puxa, então eram lá que faziam todas revistas do meu armário.Nas viagens seguintes, o prédio marrom dividia a minha chegada em antes e depois da Abril. Em quatro anos de paulistânia eu passava lá em frente e dizia – um dia, ainda estarei aí.E assim seguiram quatro anos – de indas e vindas. Um prédio que durava poucos segundos pelo vidro da janela.Neste domingo, em mais outra chegada a cidade, puder dizer novamente e saber finalmente que era verdade – Até segunda!
Anúncios

Um comentário sobre “

  1. Já fazia um tempinho que não deixava um comentário aqui!Clara, boa sorte nessa nova etapa da sua vida. Agora, sim, começa a viver o jornalismo de verdade. Bom trabalho, jornalista.beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s