Os chatos do twitter
De um mês para cá, todo mundo fala em twitter, parece até que a imprensa só o descobriu agora. Eu gosto e uso com moderação. Twittar muito é chato e perde a credibilidade. Uma vez li uma entrevista em que o criador do twitter dizia -o programa não é uma rede social e sim uma rede de notícias. É o que eu acho. Uso o twitter para descobrir sites novos, ter acesso às notícias e às novidades do mundo da tecnologia e do jornalismo. Foi pelo twitter que eu descobri o site do blogueiro Fábio Rex que lista 6 tipos de usuários que ele não seguiria de maneira alguma. A sua lidsta é divertido e expressa o que de fato acontece no twitter de uma maneira impressionante. Dos 6 listados por ele, o meu voto vai para o chorão. Este é para mim, o pior twitteiro que existe. Segue:
Esta é a minha lista pessoal de quem eu deixo de seguir no Twitter:
O Chorão: o sujeito ou a sujeita tá sempre reclamando. Ou a tia-avó está no hospital, ou atenderam ele mal na Claro ou simplesmente se acha uma merda e faz questão que toda a twittosfera saiba disso. Existem dias negros para todo mundo e é normal reclamar. Mas quem faz disso uma constante é um pé no saco e merece o resto da vida no limbo.
O Blipper: o cara não faz nada além de blipar o tempo todo. Tem uma música tema para cada situação de sua vida. Peidou? Blipou!
O Mendigo: sabe aquela mina ou aquele mano que só pede? Vota em mim? Alguém tem um frila? Me ajudem? Blá blá blá! Guilhotinei dois por isso. Acho legal usar o twitter para networkar mas pelamordedeus, menos. Não gosto de logar e me sentir em plena Copacabana virtual.
O Blogueiro: é o cara que criou um twitter só para divulgar o blog dele. Mas não deixa isso bem claro. Todos os links que ele dá, redirecionam a um post do blog pessoal. E não faz nada que não seja isso. Esse tipo eu geralmente nem unfollow porque nunca começo a seguir.
O Prolixo: Você sai para almoçar e quando volta tem duas páginas de updates da mesma pessoa. Ele usa o Twitter como confessionário, divã ou penico. Escreve tudo que dá na telha e não tá nem aí se é spam ou não.
A Diva: Existem dois tipos de divas. As que já são blogueiras e carregam sua divindade para a twittosfera. Gerlamente tem mais de 1000 seguidores e seguem um décimo disso. Tá certo que seguir todo mundo seria caótico, mas se você olhar seus following, verá que as divas só seguem serviços gringos ou outros blogueiros famosos. Formam a pretensa elite da twittosfera e comeram cocô quando criança. Já a diva do tipo 2 não é ninguém na night, segue 30 pessoas a quem quer puxar o saco, tem seus updates bloqueados e se por acaso você passa a seguir, ela não retribui o gesto.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s