Sábado, pautas e São Paulo


Saí no sábado à tarde em busca de pauta.
Ir atrás de pauta é como procurar um cachorro perdido. Olha-se nas ruas, nas livrarias, dentro dos carros, das lojas e até embaixo do viaduto. Pergunta-se para o taxista, observa-se os movimentos dos ciclistas e concentra-se para não perder nenhum latido.

Não é sempre que se tem boas ideias ao sair na rua; mas em casa é que eu não iria encontrar.

O dia estava lindo como raras vezes se vê por aqui. São Paulo desconhece as quatro estações do ano. Aqui é inverno com lembranças de primavera, outono e verão. O sol daqui é cercado de prédios, de cinza, de objetos. Mesmo assim, faz festa quando aparece. Não há vista mais bonita do que a de São Paulo em um dia de luz, sem a chuva e a garoa clichês da cidade.

Encontrei alguns cães perdidos. Guardei na bolsa. Eles latiram diferente, achei que valiam a pena, trouxe para casa.

Mas o que valeu mesmo foi o caminho de ida e volta para casa. As sacolas balançando nas mãos das pessoas, refletindo o ritmo dos seus passos apressados. A atenção das crianças voltada para as bolinhas de sabão que saem de uma casa de artesanato da Avenida Paulista, e a serenidade de uma estátua humana se fazendo de difícil quando cutucada por fotógrafos amadores.

Um pouco de São Paulo que pensando bem, valem mais que os latidos que eu estava procurando.

Anúncios

Um comentário sobre “Sábado, pautas e São Paulo

  1. Ah! Eu ainda não sou jornalista, mas só em escrever no meu humildr blog já acho bastante difícil.
    Sampa é realmente uma incrível cidade :D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s