Sem compromisso

Você só dança com ele
E diz que é sem compromisso
É bom acabar com isso
Não sou nenhum pai-joão.

Quem trouxe você fui eu
Não faça papel de louca
Prá não haver bate-boca dentro do salão.

Quando toca um samba
E eu lhe tiro pra dançar
Você me diz: não, eu agora tenho par.

E sai dançando com ele, alegre e feliz
Quando para o samba
Bate palma e pede bis.

(Sem Compromisso – Nelson Trigueiro / Geraldo Pereira)

*imagem retirada do blog  Azulescuro.quasepreto

Um comentário sobre “Sem compromisso

Deixe uma resposta