Quem passa

“Era o relógio de meu avô, e quando ganhei de meu pai ele disse: (…) dou-lhe este relógio não para que você se lembre do tempo, mas para que possa esquecê-lo por um momento de vez em quando e não gaste todo o seu fôlego tentando conquistá-lo”.

Livia Garcia-Roza, escritora.

Anúncios

Um comentário sobre “Quem passa

  1. Clarinha,
    O relógio do meu avô dizia que ele anda rápido no bolso dos idosos e lentamente no pulso dos jovens…
    E não é verdade? Há dias em que o meu relógio parece um ventilador… oh dor!
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s