Ei, vó!

Eu sei que não devia estar escrevendo isso aqui, porque provavelmente minha mãe vai ficar emocionada e, porque você vai dizer que o meu blog está muito reflexivo ultimamente, mas deixe-me escrever.

É que hoje, se eu não falar sobre você, eu não sei sobre o que falar.Tenho pensado muito na senhora.  Acho que é a Páscoa. Na verdade tudo começou no meu aniversário. No dia, eu me toquei que aquele seria mais um ano em que você não ligaria. E agora com todos esses ovos à venda, sempre me recordo da sua insistência em nos presentear com chocolates. Mas eu não estou te cobrando, sei que você tá bem, que já cumpriu sua missão nesse mundo tão cheio de coisas.

Engraçado que esses dias fui ao mercado e vi muitas senhorinhas fazendo compras. Por todos os lados. Daquele jeito, sabe? A mão atenta escolhendo o tomate, o saco de frutas sendo rapidamente amarrado…. Elas devem pensar que eu sou maluca porque, às vezes, me vejo fitando-as para não perder nenhum detalhe que me lembra você.

As coisas estão bem por aqui. Daquele jeito que você sempre gostou – todo mundo trabalhando, unido, feliz. A nossa irmã do meio já se casou. Foi bonito vó, docemente inesquecível. Você deve ter acompanhado de algum lugar.
Pena que você acabou não conhecendo os últimos namorados meus e da irmã mais velha. Bem, você foi poupada nesse sentido.

Arrumamos uma gata, nos apegamos a um labrador. E até, acredite, nos acostumamos com o calor. Meu pai fez uma música linda para mim, minha irmã vai fazer pós-graduação e minha mãe continua sendo o equilibro e o amor maior de nossas vidas. Eu ainda sinto muitas saudades do pessoal lá de casa, mas a nossa relação é ainda melhor quando nos reencontramos. A distância também tem o poder de aproximar as pessoas.

Sabe que tem dias que me pego pensando que feijão igual ao seu não há?
Nem couve-flor à milanesa e aquele arroz com cebola que tanto marcou nossos paladares.

Ainda não me arrisquei muito mais que o macarrão na cozinha, mas um dia chego lá. Eu ainda provo uma geléia de morango, como ninguém.

Não queria me estender na falta que você faz, mas só para você não se esquecer – o mundo não é o mesmo sem suas gargalhadas, passos arrastados e anéis nos dedos apertados. Minha irmã ainda sonha muito com você e até diz que você dá conselhos durante a noite. É sempre bom acordar com uma lembrança sua, fresquinha na mente.
Com o tempo, no entanto, aprendemos a controlar a sua ausência, nem que seja de mentira. O homem é o maior especialista em mentir. Ou melhor, em aprender a viver.

E não me questione por que escrevo tudo isso aqui. Você sabe que se eu não fazê-lo, não vou ter onde deixar os meus sentimentos. O mundo real não tem tempo para discutir saudade e por isso permita-me liberar as palavras neste blog, que é meu livro de emoções e de possibilidades.

Com tanta agitação, barulho e movimento, falar sobre você é o mínimo que posso fazer – neste ou em qualquer mundo em que você possa estar.

A foto desta crônica é de Isa Barcellos.

Anúncios

9 comentários sobre “Ei, vó!

  1. Clarinha!
    Você sabe ter avó como ninguém. Tenho certeza de que ela pegou sua mensagem e levou para Deus ler. E eles se emocionaram.
    Smack!

  2. Clara, que lindo esse seu lugar.
    essa mensagem é, realmente, encantadora. a tua forma de usar as palavras é linda! *-*
    beijo, e voltarei mais vezes.

  3. O texto é antigo, mas não deixa de ser delicado de uma forma simples e verdadeira. E olha só: não é que você está se arriscando mais na cozinha e fazendo bonito?

  4. Pingback: quando outubro acabar | …Às Claras….

  5. Que texto delicioso! Graças a Deus, ainda tenho minhas duas lindas avós comigo, mas tudo isso é o que sinto quando penso nelas.
    Entrei no seu blog há alguns dias quando pesquisava ‘como obter registro de jornalista’, começei a ‘ler você’ e me apaixonei.
    #sucesso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s