Fome de mundo

Entre conversas e outras, todo mundo sente a mesma fome de mundo. Aquela necessidade de fazer tudo ao mesmo tempo, aprender 7 línguas, viajar para 13 países diferentes, ter uma ideia genial, ajudar em um trabalho voluntário, melhorar o mundo, a si mesmo, tocar flauta, violão, piano, recitar poemas como ninguém, cantar, compor e ter uma opinião certa sobre tudo. Saber mais, partilhar, encontrar tempo e organização para ver tudo em seu devido lugar.

O que fazer com o nosso sufoco pela vontade de alcançar?

Esses dias, perguntei isso ao meu pai.

– O importante é estar sempre fazendo alguma coisa. E independente do que seja, você já está vivendo. 

A foto é daqui.

Anúncios

2 comentários sobre “Fome de mundo

  1. Realmente o importante é estar em ação. Acho que uma ação vai desencadeando outras e só de não estar parado, já vamos nos sentindo melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s