apê.ritivos – episódio 4


Qual é a sensação de se fazer algo com um amor incondicional? Que te faz pensar: ” é  isso! sinceramente é isso”. Isso é o que o apê.ritivos faz comigo – é essa sensação, uma história com comidinhas, conversas e música que se transforma em uma poesia visual que nos faz querer vivenciar isso o dia todo.

É uma paz de saber que pessoas estão sendo tocadas, sensibilizadas e que isso será eterno, ficará para sempre como um projeto de dois amigos que começaram isso tudo com a intenção de serem felizes e de fazerem com que outras pessoas sentissem o mesmo.

Sério! Puxa!
Obrigada a vocês que compartilharam esse episódio com os amigos e que não só fizerem isso como deixaram mensagens no facebook, twitter e email dizendo que se sentiram entusiasmados e fazendo parte da nossa história. Obrigada a vocês que mostraram aos seus familiares, namorados, primos, para a pessoa da cadeira ao lado. Que assistiram juntos com os colegas do trabalho no mesmo computador. O apê não teria graça se não fosse o que vocês proporcionam a cada episódio divulgado.

A gente faz daqui, vocês potencializam daí.
É tudo muito emocionante e sou grata por isso, obrigada.

estou emocionada.

Uma amiga querida, Manuela, disse-me esses dias que eu e o Gabriel somos muito corajosos em abrir a casa e o coração para contarmos uma história. esta foi a definição mais bonita que deram ao apê.ritivos, nosso novo projeto.

estou tão emocionada. feliz. Mais de 800 pessoas compartilharam o link do primeiro episódio no facebook e outras tantas mandaram palavras de beleza, conforto e emoção.

obrigada. estamos no comecinho e receber tantos abraços como esses é o mais reconfortante retorno que poderíamos esperar. me sinto cheia de amor com os pitacos, sugestões e com a forma como cada um experimenta o programa e tem vontade de estar ali com a gente.

vocês estão e estarão em todos.

obrigada ao Flávio Rocha e ao Rogério Assis pelas imagens tão lindas. obrigada ao Roman Lindemann por fazer mágica ao ajudar na conversão dos arquivos de vídeo. obrigada a Letícia Pires que, como ninguém, captou a sensibilidade do projeto e criou a arte para o logo e descrição. obrigada a vocês amigos que todos os dias tem repassado o apê.ritivos para os familiares, amigos e tantos outros que replicam a nossa vontade de juntar saudade, conversa, receitas e um apartamento.

estou (profundamente) emocionada. obrigada.

Vídeos para a web

A todo momento questiona-se o estilo de vídeo para web. Ao mesmo tempo, eu me questiono se esse novo formato existe. Afinal, algo que não pode ser como TV mas que também não pode fugir do estilo de contar uma história com começo, meio e fim, seria o quê?
Até hoje ainda não encontraram o formato da reportagem para a web. O que se sabe até agora é que a duração do vídeo tem que ser curta, afinal, os internautas navegam com dez janelas abertas ao mesmo tempo e um vídeo de 15 minutos não tem espaço na rede.

Esses dias encontrei um que acredito ser muito próximo de um bom formato para a web, o que não impossibilitaria a sua exibição em uma TV.

Descobri o achado no twitter do @riqfreire, turisma profissional que escreve para o Guia do Estadão e revistas de viagens. Ele fez uma série para o site hoteis.com e o resultado é muito interessante. Há um cuidado na sua realização que não se vê em vídeos para a web.

O uso de filtros nas imagens, colocados no próprio programa de edição dão um visual muito atraente. Além disso, a dinâmica do ‘contar a história’ é divertida, tem ritmo e não perde graça em nenhum momento.

Esta não é a única possibilidade para a web, mas é interessante, funciona e cativa.